Portal Parceiros Cursos Eventos Links Notícias Fórum Downloads Fale Conosco Home
Home
 



 
  Avaliação MPS.BR, nível E, na Relacional
05.10.2005

Fonte: Softex

A Relacional Consultoria e Sistemas foi a primeira empresa aprovada numa avaliação oficial do modelo MPS.BR - Melhoria de Processo do Software Brasileiro, no nível E – Parcialmente Definido. O resultado foi divulgado às 17:45 horas do dia 29 de setembro de 2005 (quinta-feira), na sede da empresa no Rio de Janeiro/RJ. Estiveram presentes ao ato, além da direção da empresa e de seus colaboradores, a equipe de avaliação do MPS.BR, Eratóstenes Araújo - coordenador de capacitação da Sociedade SOFTEX (coordenadora do MPS.BR) e Ana Regina Rocha - professora da COPPE/UFRJ Sistemas (Instituição Implementadora do MPS.BR – II-MPS.BR).

Este é mais um importante reconhecimento dos investimentos da Relacional na melhoria dos seus processos de software. "No ano de 2005 passamos por muitas avaliações; já que, antes de obter o nível E do MPS.BR, obtivemos o nível 2 do CMMI e a certificação ISO 9001 no mês de março.  Estamos muito orgulhosos de participar deste processo brasileiro, pois entendemos que ele é muito importante para a Melhoria da Qualidade de Software no Brasil.

Esta avaliação foi feita por auditores extremamente competentes e muito experientes em engenharia de software e no modelo MPS.BR, o que provocou uma minuciosa e rigorosa avaliação. Isto foi sentido por todo o pessoal da empresa que foi entrevistado. Com isto, aprendemos e melhoramos mais ainda, podendo praticar a melhoria contínua de nossos processos. Isto nos dá a garra para continuarmos em frente até o almejado nível A do MPS.BR”, destaca Elaine Duarte Nunes, Vice Presidente de Estratégia de Serviços, da Relacional.

A equipe que avaliou o MPS.BR, nível E, na Relacional contou com os seguintes avaliadores credenciados pela Sociedade SOFTEX: Cristina Filipak Machado - como avaliadora-líder; Adriana Silveira de Souza, Alexandre Vasconcelos, Ana Guerra, Claudia Welter e Francisco Vasconcelos - como avaliadores-adjuntos; além de Rosangela Pinto Silva - avaliadora representante da empresa.

“A avaliação do modelo MPS.BR, nível E, na Relacional foi uma experiência única, porque conseguimos realizar o trabalho com uma qualidade excelente em 4 dias - um tempo recorde. Parabéns à equipe de avaliação; a harmonia e sintonia entre os seus componentes contribuiu muito para o resultado alcançado. Sobretudo, parabéns à Relacional por ter sido a primeira empresa a obter uma avaliação oficial do MPS.BR no seu nível E – Parcialmente Definido”, declara a avaliadora-líder Cristina Filipak Machado.

Todos saíram ganhando. “Esta avaliação foi um marco. A Relacional realmente foi avaliada no Brasil, por uma equipe que reuniu avaliadores de norte a sul do país. Profissionais experientes em engenharia de software, com uma visão crítica, fundamental para uma avaliação de processos de software. Foi um aprendizado para todos, tanto para mim, representante da empresa, quanto para os demais avaliadores. Todos saíram ganhando: a equipe,  a Relacional e, principalmente, o modelo MPS.BR. Parabéns para a Melhoria de Processo do Software Brasileiro!”, complementa Rosangela Pinto Silva, da Relacional.

O MPS.BR é uma iniciativa brasileira, sob coordenação da Sociedade SOFTEX, que visa a Melhoria de Processo do Software Brasileiro em todas as regiões do país, com foco nas pequenas e médias empresas (PMEs), a um custo acessível. O MPS.BR segue modelos e normas internacionais: é compatível com o modelo CMMI, está em conformidade com as normas ISO/IEC 12207 e 15504, além de ser adequado à realidade brasileira. Informações atualizadas sobre o MPS.BR, incluindo metas e resultados alcançados, encontram-se no Portal SOFTEX <www.softex.br>.

O MPS.BR teve início em dezembro de 2003. Até dezembro de 2005, com a realização de avaliações-piloto em seis empresas que participaram de experiências-piloto de implementação do MPS.BR, no Rio de Janeiro, Recife e Campinas, conclui-se uma das principais etapas planejadas para a criação do modelo MPS.BR – compreendendo sua concepção, desenvolvimento, capacitação, implementação e avaliação.

Agora, o grande desafio é a implementação e avaliação do MPS.BR sob demanda em um número significativo de organizações, públicas e privadas, em todas as regiões do país. Até 2006, a meta é ter o MPS.BR implementado em 120 empresas no país, das quais 60 empresas com avaliação oficial; até 2008, a meta é ter o MPS.BR implementado em mais 160 empresas no país, das quais mais 80 empresas com avaliação oficial.

Em 2006 terá inicio um novo ciclo de atividades, com o aprimoramento do modelo, sua disseminação no país e, também, em países da  América Latina. O MPS.BR conta com  investimentos das empresas e apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia, da FINEP e do Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Sobre a Relacional - Fundada em 1989, no Rio de Janeiro/RJ; atualmente, a empresa tem 5  áreas de atuação: a) Consultoria de Sistemas, Desenvolvimento de Projetos; b) Complementação de Equipe; c) SLA - Service Level Agreement; d) Treinamento em Engenharia de Sistemas, Treinamento em Ferramentas de Desenvolvimento; e) Consultoria em projetos Business Intelligence, Definições de Ambientes de Data Warehouse, Consultoria e suporte à tecnologia de ETL, Cleansing, Data Mining e OLAP, Integração de e-CRM a diversas tecnologias. A certificação ISO 9001 e as avaliações CMMI - nível 2 e MPS.BR - nível E garantem mais qualidade para os clientes da empresa.

Portal Relacional: < www.relacional.com.br


Voltar | Topo
 
 
  Portal da Qualidade de Software - e-mail: contato@qualidadesoftware.org.br